O ESPAÇO É SEU TAMBÉM, SINTA-SE A VONTADE...O ESPAÇO É SEU TAMBÉM, SINTA-SE A VONTADE...O ESPAÇO É SEU TAMBÉM, SINTA-SE A VONTADE...O ESPAÇO É SEU TAMBÉM, SINTA-SE A VONTADE...O ESPAÇO É SEU TAMBÉM, SINTA-SE A VONTADE...O ESPAÇO É SEU TAMBÉM, SINTA-SE A VONTADE...O ESPAÇO É SEU TAMBÉM, SINTA-SE A VONTADE...O ESPAÇO É SEU TAMBÉM, SINTA-SE A VONTADE...O ESPAÇO É SEU TAMBÉM, SINTA-SE A VONTADE...O ESPAÇO É SEU TAMBÉM, SINTA-SE A VONTADE...O ESPAÇO É SEU TAMBÉM, SINTA-SE A VONTADE...O ESPAÇO É SEU TAMBÉM, SINTA-SE A VONTADE...O ESPAÇO É SEU TAMBÉM, SINTA-SE A VONTADE...O ESPAÇO É SEU TAMBÉM, SINTA-SE A VONTADE...O ESPAÇO É SEU TAMBÉM, SINTA-SE A VONTADE...O ESPAÇO É SEU TAMBÉM, SINTA-SE A VONTADE...O ESPAÇO É SEU TAMBÉM, SINTA-SE A VONTADE...

segunda-feira, 11 de junho de 2012

AUSÊNCIA




O plural som do silêncio
Que me intriga, e me incomoda.
Está presente entre dois seres
Que se fazem indiferentes
Que mesmo juntos
Separados estão
Eis a questão
Você se sente inabitado...

E espera no outro, uma manifestação.
Que ele tenha qualquer vibração
Nem que seja por repulsão
Para acabar de vez com tal situação.
Clarice Moreno 12/08/11

Um comentário:

Amigas, amigos e familiares, deixem a marquinha de sua presença aqui, para mim será um grande incentivo, ficarei muito feliz ao ler um comentário seu!!! Obrigada a todos, e voltem sempre.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...